Dia 7 de setembro é feriado nacional

Dia 7 de setembro é feriado nacional, comemora-se a Independência do Brasil, onde se celebra a emancipação brasileira do reino de Portugal.

O Dia da Independência do Brasil, ou Dia da Pátria, foi comemorado em 7 de setembro de 1822. Este dia é conhecido como “Grito do Ipiranga”.

Nas duas margens do rio Ipiranga, o então regente Dom Pedro declarou a independência do Brasil e ordenou aos soldados que o acompanhavam que jogassem fora os emblemas portugueses em seus uniformes.

Aí gritou “Independência ou Morte”, e a partir daquele momento, simbolicamente, o Brasil deixou de ser uma colônia portuguesa.

7 de setembro Independência do Brasil resumo da história

Com a invasão de Napoleão na Europa, a família real portuguesa decidiu que seria mais seguro se mudar para o Brasil.

Portanto, em 1808, o Real Tribunal de Justiça pousou em solo brasileiro. Então, os portos do Brasil começaram a se abrir para todos os países do mundo. Este é o primeiro passo para a independência.

No entanto, existem alguns problemas aqui, como as diferenças entre portugueses e brasileiros, escravidão, a luta por mais autonomia territorial, etc.

No final de agosto de 1822, depois que D. Pedro mudou-se para São Paulo a fim de amenizar a rebelião de José Bonifácio (José Bonifácio), ele decidiu cooperar com Portugal e até mesmo com seu pai o rei D. João VI (D .João VI) Desligue a aliança política e exija que volte imediatamente a Portugal.

As principais causas que motivaram a independência do Brasil foram:

  • Devido a crise ocorrida pelo sistema colonial;
  • Motivos dos altos impostos;
  • Alguns desentendimentos políticos;
  • Também devido a busca da autonomia política e econômica;
  • Ocorrência do iluminismo como base ideológica.

A atual cidade de São Paulo está localizada às margens do rio Ipiranga, onde Dom Pedro liderou o rompimento com o Império português, que foi impulsionado pelas últimas novidades da corte, incluindo sua redução do poder no país.

VEJA AINDA: Mulher-Maravilha 1984 vilão teve inspiração em Trump

Logo após a independência, o Brasil permaneceu uma monarquia, uma forma de governo por meio da qual o rei ou imperador exercia o poder. Após a libertação, em 1º de dezembro de 1822, Dom Pedro de Alcântara foi coroado como o primeiro imperador do país, Dom Pedro I.

Os Estados Unidos são o primeiro país a reconhecer a independência do Brasil. Portugal só reconheceu a sua independência depois de pagar cerca de 2 milhões de libras de compensação.

Saiba mais sobre as comemorações do dia 7 de setembro

7 de setembro é feriado

De acordo com a Lei nº 662 de 6 de abril de 1949 e a Lei nº 10.607 de 19 de dezembro de 2002, o dia 7 de setembro é um marco na história do nosso país, portanto, é um feriado nacional.

O objetivo da festa é manter a importância desse fato na memória das pessoas. Atualmente, no Dia da Independência do Brasil, a escola promove o desfile pelas ruas da cidade, enquanto os alunos cantam hinos sobre a independência e o Brasil.

Os militares brasileiros, incluindo a marinha, exército e aviação, também fizeram apresentações especiais ao público para mostrar respeito.

O desfile mais solene foi realizado em Brasília, com a participação do Presidente da República e seus convidados.

Hino da Independência do Brasil

  • Letra: Evaristo da Veiga
  • Música: D. Pedro I

Já podeis, da Pátria filhos,
Ver contente a mãe gentil;
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá… temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil…
Houve mão mais poderosa:
Zombou deles o Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá… temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Não temais ímpias falanges,
Que apresentam face hostil;
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá… temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Parabéns, ó brasileiro,
Já, com garbo varonil,
Do universo entre as nações
Resplandece a do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá… temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.